Quarta Parede

Blog de reflexão sobre teatro e dramaturgia.

Archive for the ‘Festival’ Category

Começa hoje a Evocação do Fazer a Festa

leave a comment »

Convite_Fazer_a_Festa

Written by Jorge

Junho 14, 2011 at 8:35 am

Publicado em Anúncio, Evento, Festival

Festival SET

leave a comment »

Está em curso a Semana das Escolas de Teatro.

Toda a programação aqui.

Written by Jorge

Julho 6, 2010 at 3:41 pm

Publicado em Festival

Abriu o concurso Viver a Rua, no âmbito do FITEI 2010

leave a comment »

Conhece alguém que mereça uma homenagem pública? VIVER A RUA é a sua oportunidade de nomear alguém para ser celebrado para sempre com o nome de uma rua do Porto.

Qualquer pessoa, de qualquer lugar do mundo, pode sugerir um nome. Após o encerramento do concurso, um painel de júri escolherá um vencedor entre as justificações e os nomes submetidos. O nome do vencedor será proposto para futura inscrição numa placa de rua.
VIVER A RUA é a proposta da autoria do artista britânico Joshua Sofaer para a primeira edição do projecto “Livro de Visitas”, produzido pelo Núcleo de Experimentação Coreográfica – NEC, estrutura convidada do FITEI 2010.

Joshua Sofaer  imaginou o conceito para este concurso, com base no sucesso dos anteriores projectos Name in Lights e Rooted in the Earth, em que pediu a membros do público para nomearem alguém cujo nome seria escrito em luzes ou flores.

http://www.viverarua.com

Written by Jorge

Maio 14, 2010 at 2:36 pm

Publicado em Evento, Festival

Programa do FITEI online

leave a comment »

Já está disponível online o programa do FITEI para 2010. Destaca-se novas produções do Visões Úteis e do Teatro do Frio, entre várias propostas nacionais e estrangeiras.

Written by Jorge

Maio 3, 2010 at 10:03 am

Publicado em Festival

33.º FITEI de 28 de Maio a 10 de Junho

with one comment

Teatro ibérico sem fronteiras
Por Sérgio C. Andrade

Abre e fecha com música e dança e com companhias geograficamente exteriores à expressão ibérica, mas isto não significa (pelo menos, por agora) nenhum abandono da matriz original e histórica do Festival Internacional de Expressão Ibérica (FITEI), cuja 33.ª edição vai de 28 de Maio a 10 de Junho. Trata-se, tão- só, de “colmatar o défice de programação de dança que o Porto tem sentido nos últimos anos”, por um lado, e também de revelar o que há de ibérico, e de universal, em produções de países como a França, a Itália, a Inglaterra e mesmo o Canadá.

São explicações de Mário Moutinho, director do FITEI, na apresentação do próximo festival, realizada ontem no Teatro Nacional São João (TNSJ). E a escolha deste palco não foi ao acaso: “Sem a parceria com o TNSJ – justificou Moutinho – o FITEI não poderia ser realizado, no Porto, com a dimensão que vai ter”.

O festival abre oficialmente na noite de 28 de Maio, no próprio TNSJ, ao ritmo do imaginário basco, com o espectáculo de teatro e de dança Hnuy Illa, uma parceria das companhias Kukay e Tanttaka.

O Último Acto (chama-se mesmo assim o alinhamento final) vai voltar a Matosinhos, ao exterior e interior do Teatro Constantino Nery, com os espectáculos Underground (Motionhouse Dance Theater, Reino Unido), Emigranti (Faber Teater, Itália) e Amanay, Estado de Fragilidad (Alkimia, Espanha). Assinalem-se também três estreias absolutas: Utópolis, criação do Teatro Frio; Filho da Europa, a partir de Peter Handke, encenação de João Garcia Miguel; e Fim de Partida, de Beckett, encenação de Julio Castronuovo.

O NEC – Núcleo de Experimentação Coreográfica foi convidado a fazer algo novo para o FITEI: vai apostar no projecto Viver a Rua, uma ideia do britânico Joshua Sofaer, e que propõe dar o nome de uma rua do Porto a um cidadão (até aí) anónimo. A Câmara aceitou o desafio.

Público

Written by Jorge

Abril 28, 2010 at 10:01 am

Publicado em Festival, Recortes

2.ª Mostra Anual de Dramaturgia

leave a comment »

No âmbito do Festival Fazer a Festa, nos Jardins do Palácio de Cristal, sempre às 18h30, com entrada livre, realiza-se a segunda Mostra Anual de Dramaturgia.

A MAD é coordenada por Jorge Louraço Figueira, Fernando Moreira e José Leitão e pretende ser um fórum teatral, especialmente dedicado à divulgação de novos textos dramáticos portugueses, respondendo ao interesse do público por obras originais, ao interesse dos criadores em explorar novos textos com vista à sua eventual encenação; e promovendo o encontro e debate entre dramaturgos, encenadores, tradutores, críticos, estudantes, artistas de teatro em geral e públicos interessados.

Programa:

28 de Abril – Os trabalhadores invisíveis – de Sandra Pinheiro – direcção de Ricardo Correia

Fragmentos de gente parte de uma máquina que nos veste, que nos calça, que nos alimenta para a alimentarmos.

29 de Abril – Tuning – de Rodrigo Francisco – direcção de Fernando Moreira

Confrontado com a escolha entre a aprendizagem de uma profissão pouco ambiciosa e a entrada na marginalidade, Pedro terá de adaptar-se às regras de um mundo dominado pelos valores da competição e do êxito pessoal.

30 de Abril – Voyeur – de Jorge Palinhos – direcção de Armando Pinho

Qual a relação entre quem vê e quem é visto? Quem é que tem mais poder? Aquele que olha ou aquele que se exibe?

1 de Maio – Marzïa – de Karin Serres – trad. de Alexandra Moreira da Silva e direcção de Jorge Louraço Figueira

Na ponta de um cais deserto, em frente ao rio, Marcia, a mãe, espera… os turistas que dantes vinham em grande número à Estrela do Sul.

Written by Jorge

Abril 28, 2010 at 9:31 am

Publicado em Dramaturgia, Festival

Festival Fazer a Festa – Dia 24 de Abril

leave a comment »

15.30h – “Marionetas no Jardim” – Instituto Piaget – Palácio de Cristal

16.30h – “A Casa da Imaginação” – Teatro das Beiras –

21.30h  – “Inês de Castro, Até ao Fim do Mundo” – Dragão 7 (Brasil) – Auditório do Museu Soares dos Reis

Written by Jorge

Abril 24, 2010 at 7:57 am

Publicado em Festival, Uncategorized