Quarta Parede

Blog de reflexão sobre teatro e dramaturgia.

Albertine, ou o Continente Celeste

leave a comment »

Esta peça parece prolongar o desejo de Gonçalo Waddington de tornar os clássicos acessíveis a um público contemporâneo, como já acontecia em McBain. Desta vez uma interpelação a Em Busca do Tempo Perdido, nomeadamente através de uma série de vídeos que criam quadros vivos do século XIX, no que é o pormenor mais brilhante do espectáculo.

O texto usa uma dramaturgia elementar de monólogo/diálogo/contramonólogo, recorrendo frequentemente à citação enciclopédica, a interpelação direta e a autoironia típicas da stand-up comedy, a fim de questionarem a erudição de Marcel Proust em prol de valores contemporâneos, como a emancipação feminina ou a identidade sexual do próprio autor francês.

 

Texto e Encenação: Gonçalo Waddington

Interpretação: Tiago Rodrigues e Carla Maciel

Apresentação: TNSJ, 26/09/2014

Anúncios

Written by Jorge

Setembro 27, 2014 às 5:49 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: