Quarta Parede

Blog de reflexão sobre teatro e dramaturgia.

Revista Drama sobre dramaturgia contemporânea

leave a comment »

O Pedro Flores e o Daniel Ribas convidaram-me para editar o último número da revista Drama, que dirigem. A revista Drama é publicada pela Associação Portuguesa de Argumentistas e Dramaturgos, e vocacionada para discutir questões de escrita para teatro e cinema.

Este número tinha como tema principal a Dramaturgia Contemporânea e acabei por ficar contente com o resultado. A minha intenção era dar conta da diversidade de práticas e possibilidades que se abriam hoje à criação teatral e julgo que o consegui.

A revista conta com duas panorâmicas excelentes das dramaturgias portuguesa e brasileira atuais, por parte de Joaquim Paulo Nogueira e Jorge Louraço Figueira; ótimos pontos de partida para conhecer o que se tem feito nos dois países ultimamente.

Seguem-se cinco entrevistas, que fiz, a Jean-Pierre Sarrazac, Jorge Silva Melo, Juan Mayorga, Tim Crouch e José Maria Vieira Mendes. As entrevistas são relativamente curtas mas permitem entender a diversidade de entendimentos da escrita e a prática contemporânea de teatro. Aliás, recomendo que confrontem as respostas de Mayorga, Crouch e Vieira Mendes para entrever três formas radicalmente diferentes de escrever drama, hoje.

Há, em seguida, a secção de testemunhos, em que podemos ler, na primeira pessoa, as visões de quatro autores de teatro: Armando Nascimento Rosa, Carlos Costa, Jorge Feliciano e Sandra Pinheiro, sobre formas de criar teatro. Mais uma vez, aqui a diversidade de abordagens impera.

Encontra-se depois dois perfis de dois importantes dramaturgos contemporâneos: Valère Novarina e René Pollesch, de autoria de Renata Portas e Cláudia Lucas Chéu, respetivamente.

Por último, a secção Análises, com artigos de Rui Pina Coelho, Cláudia Oliveira, Ana Mendes e Luís Miguel Gonçalves, onde se abordam grandes questões com que o teatro de hoje se debate: a relação com a narrativa, a relação com uma sociedade hipermediatizada e espetacularizada, a relação com a realidade, e uma leitura interpretativa de Sagrada Família, de Jacinto Lucas Pires.

Há ainda uma série de artigos extratema relacionados com a escrita para cinema, onde chamo a atenção para a entrevista com John Logan, dramaturgo e guionista que eu não conhecia, e que mostra uma paixão tocante pelo teatro clássico.

A revista pode ser lida ou descarregada em drama.argumentistas.org. Foi apresentada no passado sábado em Lisboa, e terá apresentação no Porto no dia 23 de Maio.

Anúncios

Written by Jorge

Abril 18, 2012 às 9:47 am

Publicado em Anúncio, Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: