Quarta Parede

Blog de reflexão sobre teatro e dramaturgia.

Muna, pela Visões Úteis

leave a comment »

Muna é um projecto que partindo de uma mesma concepção dramatúrgica, plástica e sonora dá origem a dois espectáculos: um apresentado de dia e outro apresentado de noite, Muna para a infância e Muna para adultos. Exploramos aquele momento entre o sonho e o acordar, em que realidade e ficção se unem. O mundo fantástico que adultos e crianças partilham mas percepcionam de modos diferentes. Todos os meios ao serviço do espectáculo (texto, som, luz, cenografia, figurinos, interpretação) se desdobram em duas versões de uma mesma experiência.

Nas duas versões de espectáculo que criámos exploramos as reacções a Muna em idades diferentes. No que têm de comum e naquilo em que se distinguem: o medo, o desejo, a entrega ao mergulho, a fuga, a necessidade de domínio, a procura de um porto de abrigo… É esta ambiguidade, esta falta de limite claro, que nos fascina e que encontrámos traduzida no poema "O Rei dos Elfos" de Goethe e no universo do ilustrador Júlio Vanzeler.

 

Versão para adultos (M/12)
Num quarto, um pai que perdeu um filho está deitado na cama. No seu delírio de dor mergulha num território estranho e desconhecido de onde não consegue fugir. As memórias e os remorsos confundem-se com as personagens bizarras desse mundo que inexplicavelmente o interpela. Numa batalha perdida à partida, o pai tenta dominar a sua esmagadora impotência. Num mundo que foge a qualquer lógica, tenta encontrar o caminho de volta à realidade.

Duração: 75 minutos

Versão para a infância (M/4)
Num quarto, uma criança está deitada na cama. Está doente e os pais vigiam-na. No seu sono de febre a criança mergulha num território estranho e desconhecido, onde se imagina um super-herói. Os objectos e vozes do quarto confundem-se com as personagens excêntricas desse mundo sonhado. O nosso herói vive uma aventura inesperada com um pé na realidade e outro na fantasia. Enquanto luta com o Rei dos Elfos para salvar a lua roubada, toma o xarope que o pai lhe dá.

Dramaturgia e direcção de Ana Vitorino, Carlos Costa e Catarina Martins
Cenografia e adereços de João Calvário e Figurinos de Ana Luena, a partir de Ilustrações Originais de Júlio Vanzeler
João Martins
Desenho de Luz de José Carlos Coelho
Interpretação de Ana Azevedo, Ana Vitorino, Carlos Costa, João Martins, Rui Queirós de Matos e Pedro Carreira

Duração 45 minutos.

De 19 a 24 de Outubro no Teatro Helena Sá e Costa
19 (seg) a 23 (sex): 10h30 + 15h00 (escolas) versão infância
23 (sex): 21h30 versão adultos
24 (sáb): 16h30 versão infância + 21h30 versão adultos

Anúncios

Written by Jorge

Outubro 16, 2009 às 12:55 pm

Publicado em Companhia, Evento

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: