Quarta Parede

Blog de reflexão sobre teatro e dramaturgia.

Archive for Outubro 2009

Emilia Galotti – crítica de Jorge Louraço Figueira

leave a comment »

A força do desejo e o desejo da força
Emilia Galotti

De G. E. Lessing. Enc. de Nuno M. Cardoso. O Cão Danado / TNSJPORTO, TeCA, 28 de Outubro, 21h30

O repertório do TNSJ e, em particular, das encenações de Nuno M. Cardoso poderia ser apelidado de teatro alemão de expressão portuguesa. Esta tendência para as grandes obras da dramaturgia germânica corresponde, no fundo, ao desejo de criação de um público europeu e cosmopolita no Porto. Isto é, um teatro feito por europeus, para europeus, sobre europeus. Quem dera. Emilia Galottié um passo nesse sentido.
Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Outubro 30, 2009 at 12:41 pm

Publicado em Crítica, Evento

XATA – PROJECTO DE POESIA TEATRAL

leave a comment »

XaTa pretende mostrar que a poesia não é chata através de uma mostra poética intensa e com sentido de humor, levada a cabo em espaços de café-concerto e outros espaços não convencionais.

Este projecto da Tenda de Saias é um work in progress, vai estar sempre em alteração. Apresentando textos que vão desde a poesia clássica à poesia popular, prosa poética, poesia infantil, trava-línguas, almanaque do Porto, entre outros poemas e textos.

Tertúlia Castelense
Entrada – 5
Início previsto – 23h

Written by Jorge

Outubro 29, 2009 at 1:04 pm

Publicado em Associação, Evento

Quarta dos Contos com Carles Garcia

leave a comment »

No dia 28 de Outubro, o narrador Carles Garcia é o convidado da Contos da Carochinha para a Quarta dos Contos, na Tertúlia Castelense.
Narrador por tradição familiar. Carles Garcia descende de uma larga tradição de Buhoneros (bufarinheiros), sendo neto do último destes, trazendo consigo histórias carregadas de ironia e sabedoria tradicional.

www.quartadoscontos.blogspot.com
Entrada – 4 euros
Início previsto – 22h30

Written by Jorge

Outubro 27, 2009 at 1:02 pm

Publicado em Evento

A Velha Avarenta, da Dois Pontos

leave a comment »

Era uma vez… Era uma vez uma velha… Era uma vez uma velha avarenta… (Tão avarenta, tão avarenta que queria ter tudo e achava que, ao dar uma cebola velha a uma velha pobre, se livrava do inferno…) A sua grande preocupação era ver se tinha tudo para ter o prazer de dizer: É TUDO MEU!!! Um dia a velha percebeu que tinha coisas(!)… Tinha muitas coisas, mas estava sozinha…


Inspirado no texto A Cebola da Velha Avarenta (uma pequena, deliciosa e quase desconhecida história da Sophia de Mello Breyner Andresen) este espectáculo é um momento inesquecível onde o teatro, a dança, os objectos e a voz se unem para deleite dos mais pequeninos…

Dois Pontos Associação Cultural
m/ 4 ANOS
11 a 25 de NOVEMBRO
2.ª a 6.ª às 11h00 e às 14h30
SÁB e DOM às 16h00
reservadebilhetes@gmail.com
919 526 789 – 226 063 000
Teatro do Campo Alegre – Rua das Estrelas
(as sessões de 2ª a 6ª feira destinam-se a público escolar e é obrigatória a reserva antecipada)

Written by Jorge

Outubro 27, 2009 at 9:21 am

Publicado em Associação, Evento, Infância

Ratos e Borboletas na Barriga, de Paulinho Oliveira

with one comment

Ratos e Borboletas na Barriga conta a história de amor entre dois adolescentes de diferentes cores e diferentes estratos socais. Se, com o aparecimento do primeiro amor já cada uma das personagens se depara com essa estranha sensação de ratos e borboletas a crescerem nas entranhas, imagine-se a quantidade de provações que estes dois jovens vão ter de ultrapassar quando se depararem com muitas das ideias feitas, resultantes da diferença da cor da pele e das escalas socioculturais. Por outras palavras, um questionamento das problemáticas ligadas à miscigenação e ao interculturalismo.

Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Outubro 22, 2009 at 12:59 pm

Publicado em Companhia, Evento

Apalavrado

leave a comment »

Portugal é assim como um brinquedo, coisa que distrai e faz rir e chorar, um brinquedo que chega tarde e que demora a funcionar. Para mim é tarde Portugal, é tarde esperar de ti mais que inveja e despeito, bota a baixo e oportunismo; é tarde Portugal para ser tarde e a noite te dar alguma inspiração. Desembarcam milhões enquanto aguardo que adormeças. E se Portugal desaparecesse nessa fúria de desembarcar, se a gente toda se fundisse num jeito aflito de amar? Amar sem pátria, amar sem nome, ir mais além, dizer numa língua de bebé: fica bem, fica bem, fica bem!

Dizem que cometi um atentado ao património: que grafitei os Jerónimos, que inquiri a Inquisição, que misturei fascismo e comunismo como quem bebe um panaché, que fiquei assim olé, olé (!) sem tourada, sem fado, nem futebol, meio ao léu, ali para o Meco, sem piriléu (!) imaginem, sem vergonha, sem estilo nem clique, nem pobre, nem chique. Dizemque cometi um atentado ao património e foi um pandemónio de flashes e atenção! Fiquei confuso, joguei difuso, mergulhei obtuso e afinal era só areia, só lençol e mesa-de-cabeceira. Tenho um galo aqui para o provar (aponta testa)! Cocorocó todas as manhãs! Suavemente piso o chão: não me digas não, não me digas não!

Cobre o meu corpo, enfim, desse agasalho, meu bebe grisalho que me ouves e te espantas. Suavemente vê-me, de perfil e de frente, numa avaliação criminal põe-me algemas por este crime, por esta espécie de embirração com a facilidade e a tradição. Faz-me o mar com um til e deixa-me mergulhar nesse colo de ondas, atrai-me a essa luz que é o teu rosto que se ilumina sem tosse, nem vacina. Deixa-me ficar a teu lado enquanto me puxas os cabelos com mãozinhas de veludo. És doce e peitudo, Phelps[de encomenda, herói sem emenda, neste veio que sangra. Manga, manga (!), à sobremesa. Deixa-me ser vassalo a teu lado.

Se Deus se esqueceu de nós que não se esqueça de ti, se Deus nos abandonou que não te abandone, se Deus não tem piedade que a tenha de ti, se Deus não existe, existe tu por ele para que nada de mal te aconteça.
excerto de O Homem Que Embala O Carrinho de Bebé , de Carlos J. Pessoa

Apalavrado é um projecto artístico que reúne escritores, actores e músicos em torno da palavra e, em particular, do género literário do conto, dividido em quatro momentos.

Quatro autores criam contos inéditos ,que serão estreados em Outubro , Dezembro , Fevereiro e Abril.

Cada espectáculo reúne dois textos , um original e um clássico.

Apalavrado 1 apresenta um conto inédito de Carlos J. Pessoa ” O Homem Que Embala O Carrinho de Bebé” e ” Resumo” de Virginia Woolf, dois monólogos.

Apresentações
FNAC  NorteShopping – 23 de Outubro , pelas 22h
FNAC St.ª Catarina – 24 de Outubro, às 17h30
FNAC MarShopping – 24 de Outubro, 22h
FNAC GaiaShopping – 25 de Outubro, às 17h

Espectáculos
29-31 de Outubro – Quinta da Caverneira, Maia
5-8 de Novembro – Fábrica da Rua da Alegria
21h30h
duração aproximada: 1h Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Outubro 22, 2009 at 9:38 am

Publicado em Evento

Muna, pela Visões Úteis

leave a comment »

Muna é um projecto que partindo de uma mesma concepção dramatúrgica, plástica e sonora dá origem a dois espectáculos: um apresentado de dia e outro apresentado de noite, Muna para a infância e Muna para adultos. Exploramos aquele momento entre o sonho e o acordar, em que realidade e ficção se unem. O mundo fantástico que adultos e crianças partilham mas percepcionam de modos diferentes. Todos os meios ao serviço do espectáculo (texto, som, luz, cenografia, figurinos, interpretação) se desdobram em duas versões de uma mesma experiência.

Nas duas versões de espectáculo que criámos exploramos as reacções a Muna em idades diferentes. No que têm de comum e naquilo em que se distinguem: o medo, o desejo, a entrega ao mergulho, a fuga, a necessidade de domínio, a procura de um porto de abrigo… É esta ambiguidade, esta falta de limite claro, que nos fascina e que encontrámos traduzida no poema "O Rei dos Elfos" de Goethe e no universo do ilustrador Júlio Vanzeler.

Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Outubro 16, 2009 at 12:55 pm

Publicado em Companhia, Evento