Quarta Parede

Blog de reflexão sobre teatro e dramaturgia.

Archive for Novembro 2007

O mundo de isl – Workshop das Boas Raparigas

with one comment

Um workshop para a geração cibernética

A companhia de teatro As Boas Raparigas, vai levar a cabo entre os dias 17 e 22 de Dezembro, um workshop dedicado aos jovens entre os 12 e 16 anos, sobre SEGURANÇA NA INTERNET, fazendo uso de exercícios teatrais onde a questão da fantasia e da realidade, da identidade real e dos alter-egos virtuais são trabalhados teatralmente de modo a criar nos jovens a consciência dos perigos reais do mundo cibernético.

O workshop Isl? (iniciais para idade, sexo e localização) pretende sensibilizar os jovens para o fenómeno da Internet, para a liberdade que ela confere mas também alertá-los para o lado negro que prolifera na comunicação virtual.

Isl? pergunta ‘ o que é a realidade?’ para a Geração Cibernética. Num mundo onde é possível ao clicar de um botão, conhecer um milhão de vidas através de centenas de salas de chat, quando é que a fantasia se transforma em vida real?

Criado a partir de um esquema de exercícios teatrais, o workshop abordará temas como:
– A responsabilidade parental e pessoal
– A Fantasia e a realidade – onde começa um mundo e termina o outro?
– Alter Egos e Fraude identitária
– Segurança na Internet
– Liberdade e Fuga
– Contar histórias – os mundos que construímos para além da nossa existência quotidiana
-Construção de um site sobre segurança na Internet com os conhecimentos adquiridos no workshop.

INFORMAÇÕES GERAIS
Estúdio Zero (R. do Heroísmo, 65) – Porto (junto ao Metro Heroísmo)
Horário de formação: 14h30 às 18h00
Custo de frequência do workshop: 25 euros

Written by Jorge

Novembro 29, 2007 at 1:27 pm

Publicado em Companhia, Formação

Requiem para Três que se Foram, pelo Mau Artista

leave a comment »

Três Mortos encontram-se para falar da Morte, nem que seja, simplesmente dizer “Morte” no início de uma frase e falarem sobre o “resto”, sabendo que o “resto” caminha para a Morte.

Através de textos originais, este espectáculo retrata de forma absurda e cómica o tema da “Morte”, pelo ritual, pela música, e pelo lado chato depois de mortos.

Um espectáculo cheio de vida mas cheio de mortos, no qual os actores saltam entre variadas personagens, as quais estarão sempre mortas e quem não está… acabará por ficar.

Enfim, é uma homenagem, é um “Requiem para três que se foram”… É a morte vista por quem nunca passou por ela. Será possível? Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Novembro 28, 2007 at 6:27 pm

Publicado em Companhia, Evento

Teatro do Bolhão apresenta: A Noite da Iguana, de Tennessee Williams

leave a comment »

“Why did I write? Because I found life unsatisfactory.” T. Williams

A estreia em Portugal deste emblemático texto de Tennessee Williams integra m ciclo de espectáculos produzidos pelo Teatro do Bolhão, com base em extos contemporâneos de forte pendor realista e que se constituem como
“pretextos” paradigmáticos para o trabalho dos intérpretes. Este ciclo incluiu o consagrado Quem Tem Medo de Virgínia Woolf?, de E. Albee, estando prevista a estreia nacional de A Ronda Nocturna, de Lars Norén, no Teatro
Maria Matos, em Março de 2008.
Em A Noite da Iguana, os universos densos e obscuros do autor parecem potenciados pela própria escolha do local da acção. Algures na escaldante atmosfera tropical mexicana, refugiado num motel barato, um reverendo
despadrado, agora transformado em guia turístico, afundado no álcool, doente física e mentalmente, procura expiar os seus pecados com vista à purificação que lhe permita voltar ao púlpito. As personagens fortes e contraditórias de
Tennessee Williams mergulham, irremediavelmente, no álcool, no desejo e no âmago de si mesmas.
Estreia nacional, em Lisboa e Porto, de uma obra de referência celebrizada pelo filme homónimo de John Houston.
Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Novembro 28, 2007 at 6:23 pm

Publicado em Companhia, Evento

Coronel Pássaro, de Hristo Boytchev

leave a comment »

 

A passarada voa pelo futuro na visão mansa dos loucos que habitam O Coronel, deu-me asas. O Coronel é claro: a Europa não voa, é uma fortaleza. Europa, a paradigmática, do humanismo retórico e da ordem policial: o espaço vital é do consumidor, cidadania sem cidade, entre a missa publicitária e a mercadoria, sem direito à subjectividade. Hoje, o espectacular sobrepõe-se ao democrático. Não há política fora da mediatização e esta não é escrutinada pela democracia das pessoas.
Fernando Mora Ramos

Crítica de Miguel-Pedro Quadrio –  Notícia JN – Texto dramático em inglês – Crítica estrangeira

de Hristo Boytchev

No Teatro Carlos Alberto

Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Novembro 15, 2007 at 6:08 pm

Publicado em Evento

Revolta

leave a comment »

O Tiago exprime a frustração com o estado actual de coisas:

A produção sistemática nem sempre traz bons resultados, antes mimetiza, distorce e ridiculariza o que de bom existe. Esta insistência na produção sem meios é fatal a um tecido que se quer exigente. Este laxismo, esta confiança de que as coisas um dia vão melhorar, esta esperança num vazio imenso é o que acaba por nos consumir.

Receio que a culpa não seja apenas dos filisteus do governo. Talvez os próprios artistas, ao contentarem-se com as esmolas e as reivindicações da importância da arte – em vez de a provarem cabalmente -, estejam também a contribuir em muito para isso.

Written by Jorge

Novembro 15, 2007 at 5:32 pm

Publicado em Comentário

Tautologias

leave a comment »

Tautologias

Tautologias

Os filhos são as coisas mais importantes do mundo!
Serão mesmo?

As confissões tautológicas mais profundas e sinceras que todos os pais gostariam de fazer um dia, os desejos não reprimidos de todos os filhos expostos ao Santo Pai Natal, dores de parto, bonecas de Vúdu, a inveja histérica do pénis, não são aqui fragâncias mas sim um tiro no inconsciente mais consciente de todos nós, numa encenação de João Mota com os alunos da Escola Superior de Música e das artes do espectáculo.

De 13 a 20 de Novembro 2007
todos os dias pelas 21:30 h
No Estúdio Zero
(Rua do heroísmo, 86
junto à estação do metro)

Info + reservas
tautologias-teatro.blogspot.com
tautologias.teatro@gmail.com
22 519 37 60 / 22 519 37 63

Written by Jorge

Novembro 13, 2007 at 6:15 pm

Publicado em Evento, Instituição

Menos emergências, de Martin Crimp

with 2 comments

7 a 18 de Novembro

Menos emergências, de Martin Crimp

Contra a Parede e Menos Emergências, constituem uma espécie de díptico sobre a violência e a desolação, um tema explorado em anteriores trabalhos dos Assédio. Embora ficções autónomas, ambas peças partilham métodos de composição e de funcionamento dramatúrgico semelhantes, apostando num tão fascinante como desafiador esbatimento das fronteiras entre representação e narração.

A distância irónica de Crimp de volta à agenda da ASSéDIO

É a quinta vez que a ASSéDIO visita o universo dramatúrgico de Martin Crimp. Nas notas introdutórias de Contra a Parede + Menos Emergências, dois-em-um que poderá ser visto até à próxima quinta-feira no pequeno auditório do Rivoli, Paulo Eduardo Carvalho fala de um «fascínio recorrente» do colectivo portuense pelo autor britânico, mas os actores são os primeiros a rejeitar a ideia de fetiche. «Não, é apenas um dramaturgo que nos agrada muito, tanto formalmente como pelo que diz», esclarece Rosa Quiroga.
Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Novembro 9, 2007 at 5:09 pm

Publicado em Companhia, Evento, Recortes