Quarta Parede

Blog de reflexão sobre teatro e dramaturgia.

Archive for Setembro 2007

Abertas inscrições para o FITEI 2008

with one comment

As companhias interessadas podem inscrever-se no FITEI 2008 até 15 de Outubro preenchendo a respectiva ficha de inscrição.

Temos ainda o prazer de divulgar o novo blog sobre o teatro de expressão ibérica: fitei.blogspot.com, com material de grande interesse.

Anúncios

Written by Jorge

Setembro 28, 2007 at 4:18 pm

Publicado em Anúncio, Festival

Abertas inscrições para o próximo filo-café

leave a comment »

O filo-café ocorre a 5 de Outubro de 2007, pelas 21h30 no Clube Literário do Porto, e terá como tema “As imagens e as coisas” e aceita trabalhos de poesia, música, performance, teatro, pensamento, cinema, artes plásticas e outros.

Ver em incomunidade.blogspot.com

Written by Jorge

Setembro 26, 2007 at 2:43 pm

Publicado em Anúncio

LIBRAÇÃO, de Lluïsa Cunillé

leave a comment »

LIBRAÇÃO significa “movimento como que de oscilação que um corpo, ligeiramente perturbado no seu equilíbrio, efectua até recuperar pouco a pouco.”

LIBRAÇÃO é o “encontro entre duas mulheres num parque de uma cidade durante três noites de lua cheia. Faz frio, talvez seja Inverno ou finais de Outono.” (Lluïsa Cunillé)

O tempo: meia-noite em ponto. O espaço: um parque onde tudo é de ferro. No parque, mobiliário urbano onde se encontram imagens de infância: cavalos que chiam, placas que proíbem deixar os cães à solta, a ronda da polícia vigiando ciclicamente todas as presenças reais… As palavras, as estratégias, os reconhecimentos, as memórias, as necessidades, o filho de uma e os cães da outra…

LIBRAÇÃO de Lluïsa Cunillé: ao longo de três noites, duas mulheres em redor de uma descoberta.

Porto
De 27 de Setembro a 4 de Novembro no Estúdio Zero
Terça a Sábado às 21h45
Domingos e Feriados às 17h00
Informações e reservas – 22 537 32 65

Lisboa
De 23 Novembro a 2 Dezembro, Teatro Trindade, Sala Estúdio

TRADUÇÃO: Carla Miranda e Cristina Carvalhal
ENCENAÇÃO: Cristina Carvalhal
INTERPRETAÇÃO: Carla Miranda e Maria do Céu Ribeiro Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Setembro 25, 2007 at 5:05 pm

Publicado em Evento

Marcel Marceau (1923-2007)

leave a comment »

 

Provavelmente o mais revolucionário mimo do século XX.

Written by Jorge

Setembro 24, 2007 at 4:48 pm

Publicado em Uncategorized

Pedro Alpiarça (1958-2007)

leave a comment »

Apesar de mais conhecido pelo seu trabalho em televisão, Pedro Alpiarça trabalhou n’A Barraca, com O Nariz – Teatro de Grupo, o Teatroesfera e o Teatro Mínimo.

Written by Jorge

Setembro 24, 2007 at 4:46 pm

Publicado em Uncategorized

A velocidade do mentiroso

leave a comment »

«São precisos muitos anos do antigo Rivoli para chegar às 60 mil pessoas [que assistiram ao Jesus Cristo Superstar]»
Rui Rio

“No entanto, numa análise estatística do período temporal compreendido entre 2001 e 2005, através de documentos a que o JN teve acesso, constata-se que, anualmente, o Teatro [Rivoli] nunca teve menos do que 126 mil espectadores*.”
JN

Via Kontratempos 

P.S. – Já para não falar da enorme variedade de concertos, dança, cinema, novo circo, teatro e outros espectáculos que o Rivoli costumava disponibilizar.

Written by Jorge

Setembro 24, 2007 at 12:05 pm

Publicado em Contra-desinformação

Vale o que vale, a partir de Georg Kaiser

leave a comment »

A história de um roubo a um banco, perpetrado por um homem anónimo. Uma sátira económica e cómica sobre um suicídio.
As almas dos funcionários do banco estão fechadas no cofre do velho banco.
O público visita o banco, conduzido por Camelo (um vagabundo religioso que acredita que irá passar pelos portões do Céu mais facilmente do que o público).
Aconteceu um acidente fatal. Esta é a história desse acidente.
As portas do cofre abrem-se e delas saem os espíritos daqueles que não conseguem parar de trabalhar. Mesmo depois de mortos.
Tomé é um anónimo funcionário do banco. Consegue contar notas mais rápido que uma máquina de contagem. Apesar desta capacidade extraordinária, ninguém repara nele. A partir do momento em que ele sente o impulso de uma paixão, decide usar as suas capacidades e o seu anonimato para infringir a lei. Tornando-se um criminoso, torna-se também num fantasma no seu próprio mundo, olhando as pessoas e aquilo que elas valem.
Um D.J. da rádio guloso e rico, uma italiana exótica coleccionadora de arte, um gerente do banco obcecado, uma artista hedonista, um grupo de vagabundos fundamentalistas, uma mãe e a sua família em quem não se pode confiar, todos eles conspiram contra Tomé numa viagem paranóica dia e noite, constantemente. Uma viagem onde ele experimenta o que o dinheiro pode e não pode comprar.
A sequência final, leva-nos para lá da vida, para dentro da sua visão absurda. Quando vale uma vida? Quanto vale a sua morte?

A partir de Georg KaiserEstreia: 22 de Setembro a 28 de Outubro
Adaptação e Encenação de Lee Beagley
A partir da peça expressionista de Georg Kaiser Von Morgens bis Mitternacht (1916)
Por: Produções Suplementares Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Setembro 21, 2007 at 5:11 pm

Publicado em Evento