Quarta Parede

Blog de reflexão sobre teatro e dramaturgia.

Archive for Novembro 2006

Babine, o Parvo, no Palácio de Cristal

with 2 comments

 

Um parvo houve por bem
Ir correr a Rússia a fundo
Para ver se via o mundo
E dar nas vistas também…

O Teatro Art’ Imagem volta a levar à cena a peça infantil Babine, o Parvo, de Leão Tolstói, com tradução de Luíza Neto Jorge, encenação de José Leitão e interpretação de Anabela Nóbrega, Ângela B. Marques, Pedro Carvalho e Valdemar Santos. 

No Auditório da Biblioteca Municipal Almeida GarretJardins do Palácio de Cristal, Porto, de 1 a 10 de Dezembro, pelas 15 horas.

Written by Jorge

Novembro 30, 2006 at 5:13 pm

Publicado em Companhia

Pela Criação de um Regime Laboral e Direitos Sociais para Artistas

leave a comment »

Petição dos artistas e profissionais pela criação de um Regime Laboral e Direitos Sociais para o Trabalho Intermitente

Realizou-se no Teatro da Comuna no passado dia 27 de Novembro o lançamento desta petição para entrega na Assembleia da República. O objectivo é conseguir 4000 assinaturas para levar a petição  a Parlamento e colocá-las na agenda política dos diversos partidos com assento parlamentar.

A iniciativa teve arranque auspicioso com a presença de mais de 400 pessoas no Café-Teatro da Comuna. Entre os presentes encontravam-se artistas de todas as áreas e técnicos de cinema, televisão, teatro, circo, dança…

Para assinar esta petição vá à página inicial de www.aipcinema.com onde encontra no lado esquerdo a palavra PETIÇÃO. Aí pode fazer download do formulário PDF, imprimir, assinar e solicitar a assinatura dos colegas. Quanto mais assinaturas recolher melhor. As assinaturas devem ser idênticas às do BI, incluir nome completo e  n.º do BI.  Depois envie o o impresso preenchido para:

PLATAFORMA INTERMITENTES
TRAVESSA DO FIGUEIREDO
Nº10 R/C DT0
1400-156 LISBOA

O interesse é de todos!

Written by Jorge

Novembro 30, 2006 at 4:57 pm

Publicado em Anúncio, Uncategorized

D. Juan, de Molière, volta ao Porto

leave a comment »

D. Juan, de Molière, volta hoje ao Porto pelo ACE/Teatro do Bolhão até 17 de Dezembro, partindo depois em digressão por várias cidades do país.

A peça foi estreado em Abril de 2005 inserida na estratégia da companhia de apresentar  “autores e textos nucleares da dramaturgia universal”.

D. Juan ou o Festim de Pedra representou Portugal na Mostra Internacional de Teatro (MITE 06) no Teatro Nacional Dona Maria II, em Junho de 2006, e o protagonista António Capelo foi nomeado para o Globo de Ouro na categoria de Melhor Actor de Teatro.

O texgo é encenado por Kuniaki Ida e interpretado por António Capelo (D. Juan), João Paulo Costa (Esganarelo), José Pinto (D.Luís), Sandra Salomé (Elvira) , entre outros.

É um espectáculo de cores fortes, algo barroco, em que o fogo se combina com o vermelho para expor a sensualidade do texto.  É uma encenação de recorte mais clássico que a assinada por Ricardo Pais, mas com uma certa energia e intensidade que faltaram à obra mais experimental do director do Teatro Nacional S. João. António Capelo faz um D. Juan excepcional: carismático, arrogante, sedutor; um Mefistófeles que se compraz diante do abismo.

De 4.ª a sábado às 21h30 e domingos às 16h00

Written by Jorge

Novembro 29, 2006 at 1:13 pm

Publicado em Companhia, Evento

Outros lados – Pirandello na Culturgest

leave a comment »

Em Vestir os nus, Pirandello faz certamente incidir uma luz premonitória sobre estes processos de vitimização tal como os conhecemos hoje na nossa famosa sociedade do espectáculo chegada ao estádio da “tele-realidade”. Enquanto “humorista” que provavelmente leu bem Ibsen, Pirandello não se pode impedir de escrutinar o caos íntimo dos seres reais por trás das belas imagens com as quais cada um quereria parecer-se, faz impiedosamente cair as suas máscaras sabendo sempre talvez que a sua nudez não dará por isso acesso à sua verdade… Sonda e aviva assim o nosso olhar de espectador – que gosta de se imbuir da infelicidade dos outros ou perfurar o seu segredo – com a intenção deliberada de não o satisfazer: quando a arte se propõe a ambição de deixar a vida surgir no que ela tem de informe e irredutível é o espectador que está nu.

Encenação: Stéphane Braunschweig

Pelo Teatro Nacional de Estrasburgo, com Cécile Coustillac (Ersilia Drei), Gilles David (Ludovico Nota), Hélène Schwaller (Madame Onoria), Thierry Paret (Alfredo Cantavalle), Antoine Mathieu (Franco Laspiga), Anne-Laure Tondu (Emma), Sharif Andoura (o cônsul Grotti)

Culturgest, Lisboa, 29 e 30 de Novembro

Written by Jorge

Novembro 29, 2006 at 11:27 am

Publicado em Evento

Novo Regime de Apoio às Artes

leave a comment »

O Decreto e a Portaria que regulamentam o apoio às artes estão aqui.

Written by Jorge

Novembro 29, 2006 at 11:22 am

Publicado em Anúncio

Cesariny dramático

leave a comment »

Cornelius MacissusFernandus Pessoas, um judeu estrangeirado. Doutor em… em… nada

SaloméAh. Um poeta que não é letrado.

MatatiasAinda não foi descoberto pela Judá Editora.”

Mário Cesariny de Vasconcelos (1923-2006), Um Auto para Jerusalém

Written by Jorge

Novembro 27, 2006 at 3:24 pm

Publicado em Evento

Profissionais do espectáculo exigem fim da precariedade

leave a comment »

Cumprem as obrigações regulares para a Segurança Social, prestam serviço regular a um empregador, mas, em caso de doença ou desemprego, não têm direito a qualquer apoio estatal. Revoltados com esta “injustiça gritante”, os profissionais do cinema, teatro, música, dança e outras artes do espectáculo reivindicam “a criação de um regime laboral e de segurança social que se adeqúe às especificidades do sector”.

Nas vésperas de o Governo legislar a matéria, as estruturas sindicais representativas do sector – ao todo, são 15 – puseram quezílias antigas de lado e adoptaram uma estratégia comum, a fim de sensibilizarem as entidades oficiais a pronunciarem-se sobre o assunto. Para já, o objectivo passa por recolher quatro mil assinaturas, tantas quantas a lei exige para que a petição seja discutida na Assembleia da República. Leia o resto deste artigo »

Written by Jorge

Novembro 27, 2006 at 3:18 pm

Publicado em Recortes